Quando penso no universo Le Fantymy, mergulho no lúdico mundo da criação, nos meus próprios fragmentos de memória emocional e na forte sensibilidade que experimentamos durante o exercício das artes visuais. A cada sapatinho criado, pulsa encantamento como expressão de amor pelo que se faz.

Quando penso na criança Le Fantymy, penso em bailarinos dançando e flutuando a cada salto...

Penso em crianças navegantes sonhando com novas descobertas e astronautas buscando novos lugares...

Tudo faz parte da imaginação, dos sonhos, da fantasia... Isso é criar; criar uma história, criar um mundo próprio...

Assim como diante da tela branca o artista liberta sua mente permitindo o nascer do novo, a criança também se conecta ao seu próprio mundo de brincadeiras e deleites. Você pode ser o que quiser, é só abrir a porta secreta com a chave da imaginação! Vestir e calçar faz parte da construção da “criança artista” que estará desenvolvendo recursos intelectuais a cada arte e brincadeira imaginada. Teatro, literatura, pintura, fotografia, grafite, quadrinhos, moda e design acrescentam ao mundo dessa criança experiências ricas de informações plásticas. Esses valores artísticos são fundamentais para que essa criança cresça buscando um mundo melhor.

Vick Carvalho
Fundadora e Artista Plástica